Supressão por CO2

Supressão por CO2

Supressão por CO2 Alta e Baixa Pressão

O dióxido de carbono (CO2) é encontrado naturalmente na atmosfera e se caracteriza por ser um gás inodoro, incolor, não corrosivo e não condutor de eletricidade podendo ser utilizado como um agente supressor de incêndio.

O método de extinção deste gás é através da absorção do oxigênio no ambiente, ou seja, extingue a chama por abafamento, reduzindo significativamente os níveis de oxigênio do ambiente protegido. Portanto, este tipo de sistema é indicado apenas em locais sem a presença ou circulação de pessoas.

O sistema fixo de CO² pode ser atuado de forma automática (através do sistema de detecção) ou manual, sendo projetado de acordo com o risco existente, volume do ambiente e característica da área a ser protegida, podendo ser do tipo inundação total ou aplicação local.

Este sistema é basicamente constituído pelo agente extintor CO2, cilindros de aço com capacidade de 45kg, válvula de cilindro, cabeça de descarga, cabeça e comando elétrico, difusores, mangueira de descarga, tubulações, conexões e suportes.

O sistema automático é monitorado por detectores pontuais de fumaça, detectores pontuais térmicos ou detectores por aspiração que, para maior segurança, serão ligados em laços cruzados.

Em caso de incêndio, estes detectores serão atuados e enviarão um sinal elétrico à central de detecção e alarme que, imediatamente, identificará e sinalizará o evento disparando um pré-alarme, alertando os ocupantes do local em emergência para evacuação e a brigada de incêndio para as providências necessárias.

O sistema de detecção será responsável pelo desencadeamento do processo automático de extinção, tão logo haja a atuação de um segundo detector de outro laço, que envia um sinal elétrico ao painel central de detecção e alarme que cessa o pré-alarme e dispara o alarme de evacuação (contínuo) para a desocupação total da área, pois a descarga do gás é iminente.

A descarga ocorrerá após um tempo de retardo predeterminado de acordo com a característica de evacuação da área (geralmente de 30 a 60 segundos).

O sistema possui chaves de bloqueio para retardar o disparo ou mesmo cancelá-lo em caso de alarme indevido. Esta chave de bloqueio normalmente é instalada na entrada principal da área protegida.

O sistema manual pode ser atuado através do acionador manual instalado na entrada principal do ambiente a ser protegido ou diretamente na cabeça de comando do(s) cilindro(s) mestre.

O sistema de supressão por CO2 é indicado apenas em locais onde não ocorre a presença ou circulação de pessoas, tais como: salas de transformadores, cabines de pintura, salas de compressores, tanques de armazenamento de líquidos inflamáveis, equipamentos rotativos elétricos, geradores de usinas hidroelétricas, salas elétricas, salas de baterias, etc.

Supressão por CO2
Supressão por CO2
Whatsapp Argus Whatsapp Argus